Orgasmo Elétrico

Ei! A coluna Orgasmo Elétrico é um espaço em que questões da sexualidade humana serão exploradas a partir de temas nerds. Acompanhando os episódios do universo nerd, especialmente a respeito de produções culturais e tecnologia, a ideia é identificar e refletir sobre comportamentos sexuais e seus desdobramentos políticos, econômicos e filosóficos, na sociedade brasileira e no mundo.

Você pode me chamar de Lovelove6. Sou uma mulher cisgênera¹, branca, bissexual e feminista. Faço quadrinhos e desenhos, sendo minha pesquisa especialmente voltada aos estudos de gênero e sexualidade, sob uma perspectiva feminista, construtivista, histórico-cultural e crítica, além de ter muito interesse na área de educação (estou me graduando licenciada). Esses termos todos querem dizer, basicamente, que leio o mundo partindo do princípio de que nossa relação com a sexualidade e a própria ideia de sexualidade seria um produto, uma narrativa que vem sendo construída no desenvolver da história e da cultura – e que por isso mesmo, também pode ser desconstruída.

Magneton

As questões da sexualidade giram em torno do corpo, por isso vou situar o lugar de fala das interlocutoras, sempre que pertinente, com o objetivo de reconhecer a diferença com que corpos e identidades distintas percebem os mesmos estímulos e temas. O maior desafio e dever dessa coluna é produzir conteúdo e discussões que superem ou se desviem da heteronormatividade², cissexismo³, falocentrismo⁴, racismo e gordofobia, típicas dos conteúdos de revistas femininas, por exemplo.

Você pode compartilhar suas sugestões de temas para serem abordados aqui nos comentários, pelo grupo de Facebook Minas Nerds ou pela minha página de Facebook, Lovelove6. Com o desenvolver do site, imagino que vamos ter um e-mail mais adequado para nossa comunicação. O ideal é que o Orgasmo Elétrico tenha conteúdo novo toda sexta-feira. Ocasionalmente haverão colaborações de membras do grupo Minas Nerds (no Facebook).

Sempre que usar termos estranhos ou fazer citações, haverá um rodapé com notas, referências e fontes, com o objetivo de facilitar o entendimento e familiarizar a leitora com conceitos importantes na discussão de sexualidade e corpo.

Pokemon Eevee

 



¹ cisgênera – é a pessoa que se sente confortável com o gênero que lhe foi designado ao nascer, considerando que as fêmeas são compulsoriamente designadas como mulheres e os machos como homens.

² heteronormatividade – este termo diz respeito à imposição social e política de uma norma, uma regra que supõe a existência de uma relação essencial e específica entre os genitais, a identidade de gênero, a orientação sexual e o papel social de uma pessoa. No contexto heteronormativo, pessoas com vulvas seriam necessariamente mulheres, que seriam naturalmente heterossexuais, que devem desempenhar papéis sociais associados à feminilidade e ao ambiente doméstico, como os de esposa e mãe. O artigo definindo heteronormatividade na wikipédia, em inglês, tem ótimas referências para leitura, na bibliografia.

³ cissexismo – é uma discriminação contra pessoas transgêneras, baseada na suposição de que todas as pessoas se identificariam com o gênero que lhes foi designado ao nascer. Se dá tanto em discriminações explícitas, quanto no apagamento e invisibilização das identidades trans.

falocentrismo – define atitudes que tomam a imagem do pênis como símbolo maior de valor e de verdade universais. No contexto da sexualidade, identifica-se uma mentalidade falocêntrica em conteúdos pornográficos e nas práticas sexuais que consideram a penetração como sendo a própria definição do ato sexual, por exemplo.

** A imagem destacada desse post é do desenvolvimento do jogo “Great Detective Pikachu“. As seguintes são sprites dos jogos originais Pokémon, para Gameboy, da Nintendo.


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.

Lovelove6

Publica quadrinhos independentemente desde 2013, em formato virtual e impresso. Autora da Garota Siririca. Pesquisa e aborda especialmente temas relacionados à sexualidade e relações de poder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.