Bowie e a Magia do Tempo

article-2365092-1AD56082000005DC-94_634x348

Hoje o texto é pessoal, é sobre como esse cara mexe comigo.

Música da vida, música que faz chorar, música que tatuamos.
Tem um cara que me apaixonei ainda pivete. Ele me encantou. Assisti ao filme incontáveis vezes. Fui à exposição dele no Brasil 4 vezes e chorei em todas.
David Bowie é assim para mim, um misto de alegria, tristeza, saudades da infância, dos sonhos, da pureza. Ouvir toda a trilha de “Labirinto – A magia do tempo”, me traz essas sensações de volta. No mundo insano que vivemos, reviver esses sentimentos faz bem.
Recentemente três notícias maravilhosas sobre ele me encheram de alegria:
– A trilha sonora do musical do Bob Sponja será composta por ele. O musical tem previsão de lançamento para 2016.

– A trilha sonora da abertura da nova série criminal The Last Panthers é dele também:

– O 27º álbum em estúdio, ★ (“Blackstar”) tem data de lançamento prevista para 08 de janeiro, dia do aniversário do Bowie. Abaixo confira o trailer do curta-metragem que acompanhará o lançamento do álbum.

OI? NÃO QUERO MAIS ★ MORTA! O curta foi dirigido Johan Renck, diretor da série The Last Panthers, e a Premiere acontence dia 19 de novembro, próxima quinta-feira.


Além de todos os filmes em que Bowie atuou, temos trilhas sonoras dele em outros tantos filmes maravilhosos. “Young Americans” em Dogville, “Heroes” em As vantagens de ser invisivel, “I’m Deranged” em Estrada Perdida e para mim a melhor utilização de músicas do Bowie como trilha sonora, “Cat People (Putting Out Fire)” em Bastardos Inglórios. <3
Esses são apenas alguns exemplos de músicas dele como trilha, passaria o dia aqui escrevendo sobre as trilhas do Bowie.

Bowie é aquele que ainda regasta o brilho nos meus olhos, me faz lembrar que o mundo é insano mas pode ser lindo em suas particularidades.

Quando meu mundo desaba, nada é mais intenso do que “But I’ll be there for you. As the world falls down.”


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.