Bowie acima do mundo

Numa segunda chuvosa o mundo acordou mais triste.

Hoje acordamos com lágrimas nos olhos, a dor da despedida e o eterno agradecimento.

Bowie virou “Starman”, entrou no “Labirinto” para se tornar o rei dos duendes novamente.

O “Homem que caiu na terra” foi descobrir como é “Life on Mars”.

Um gênio da música que descontruiu diversos preconceitos e revolucionou gerações, cantou e encantou, influenciou artistas, você e eu.

Um homem que preservava sua vida pessoal e incendiava palcos por onde tocava.

Um homem que tocava música, almas.

Difícil escrever sem cair em prantos novamente.

Hoje acordamos em São Paulo, numa manhã chuvosa, triste mas ao mesmo tempo repletos de amor, gratidão e orgulho dentro do peito.

Acordamos agradecendo a vida por ter nos dado a oportunidade de ser tocados pela voz espetacular, pela sensibilidade, ambiguidade, fantasia, futurismo, realidade e força de David Bowie.

Obrigada Camaleão pelas grandes contribuições para o mundo, para nossas vidas, para nossos dias.

Obrigada por estar lá, “As the world falls down”.

Playlist linda no Spotify:

https://play.spotify.com/user/danielswedin/playlist/1EVrKPexFULNZ8rjKqed5t?play=true&utm_source=open.spotify.com&utm_medium=open

 


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.