Guitarrinha de duas caras

Em uma das minhas andanças pela Liberdade aqui em SP achei essa pérola chamada DMC.

Essa não é a coluna de Anime e vou confessar que não sou uma consumidora voraz do estilo mas DMC é um dos desenhos mais divertidos que já vi na vida e olha que eu não tenho 15 anos!

 

Primeiro chamou minha atenção porque pensei que tinha alguma a coisa a ver com Kiss, era uns carinhas cabeludos com guitarra e cara de malzão. Depois eu fui saber que era um mangá que depois virou anime (tem uns 12 episódios, por aí) e tem um filminho também.

(Olha, o filme eu só recomendo para quem, como eu, já viu os desenhos umas 5 vezes e vê só porque é relacionado…. porque não é lá essas coisas).

As músicas são sensacionais e a história de morrer de rir.

O protagonista é o Negishi, um menino sensível e delicado que adora indie alternativo, bandinhas suecas com vocais doces e sonha em viver da sua música.

neguichi
Ele deixa sua familia no interior e vai para Tokio tentar a vida.
No final, ele acaba entrando em uma banda de Death Metal ( melhor caricatura ever!) e quando ele está tocando ele vira o Johannes Krauser II, o seu lado do mal! O pior é que aos poucos, toda vez que ele se mete em confusão ou fica nervoso, ele assume a personalidade do Krauser… e aí todo aquele ideal dele ser bonitinho e fofinho vai embora pelo ralo.

Eu realmente amo esse desenho e adoro tanto as musiquinhas nhénhé do Negichi quanto as podreiras do DMC.

Tenho certeza que vocês vão pirar tanto quanto eu, afinal, todas somos Negichi e Krauser ao mesmo tempo (só que a gente leva isso um pouco melhor na vida, hahaha).

Vocês tem algum outro anime do estilo para me recomendar? É só mandar para rgariani@minasners.com.br

PS: nao recomendado para crianças – bem pesadinho 🙂

PS: satsugai rules!


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.

Raquel Gariani

Ogra feliz <3