Comic Con 2016

Por  Isabelle TancioniHelen Miranda e Gabriela Franco

 

Comic-con San Diego (do inglês, San Diego Comic Con, SDCC) é a maior convenção sobre cultura pop. A primeira edição foi realizada em 1970 e contou com 145 participantes e atualmente há mais de 150.000 pessoas que participam da SDCC. Uma expansão de 10.000 vezes! A quadragésima nona SDCC celebrou os 75 anos da mulher maravilha na capa da revista e os 50 anos de Star trek. Conseguir ingressos para SDCC é uma epopéia pois os ingressos são super concorridos, geralmente acabam em 1 hora. A obtenção de ingresso só é realizada online e o ingresso é nominal. Estar atento é fundamental e fazer o cadastro (ver aqui a obtenção do ID), é possível planejar e saber quando os ingressos serão vendidos, uma vez que a organização envia uma mensagem contendo as instruções.

Screen Shot 2016-07-25 at 10.49.55 AM

IMG_3907

 

 

 

Para atender a demanda, além da SDCC usar o espaço do centro de convenções de San Diego, também usa área dos arredores como gramado, estacionamento e outros edifícios e hotéis próximos. O programa é massivo! Contém painéis sobre séries, filmes, Comics, exibição de filmes, animação e mangás, painéis sobre ciência dentro da ficção científica, a apresentação dos ganhadores de diversas categorias do prêmio Eisner, oscar dos quadrinhos (veja os vencedores aqui).

IMG_5984

IMG_5986

 

Apesar do maior auditório chamando Hall H conter 6.500 lugares, a entrada para painéis como Game of Thrones, Walking Dead, Star Trek 50 anos, Sherlock anos foi muito disputada, uma vez que as pessoas entram na fila no dia anterior. Outros paínéis como Trolls, Snowden, South Park vigésima temporada, Preacher, Silicon Valley, Mr Robot, Orphan Black, American God tinham filas com espera em média 2-4 horas ou não tinha fila nenhuma. Muitas vezes, a fila fica em um lugar sem sombra. É praticamente impossível participar de tudo! Ora você está na fila, ora está em um painel. Não é permitido filmar e fotografar durante a exibição de materiais que só serão apresentados para a audiência. Fotos e vídeos são permitidos durante a sessão de perguntas com mediador e dos fãs participantes do painel. A SDCC tem um canal com vídeos contendo perguntas realizadas pelos fãs.

IMG_5884
Fila para o concorrido Hall H

 

Fizemos aqui um resumão de alguns dos destaques da feira:

 

MULHER MARAVILHA

A super-heroína mais famosa e reconhecida do mundo foi a estrela da SDCC 2016. Princesa Diana estampou a capa da revista oficial da feira, que ainda contem 3 matérias sobre nossa amazona favorita. O motivo de tantas homenagens? Este ano faz exatos 75 anos que  William Moulton Marston criou este ícone feminista.

Para celebrar seu aniversário o estande da DC comics trouxe desenhos, imagens e as fantasias icônicas da super heroína. Confira nas fotos os croquis de roupas utilizadas pela nossa eterna Mulher Maravilha, Lynda Carter, que interpretou a amazona na serie de TV dos anos 70. Além dos croquis, a DC também expôs as indumentárias da Mulher Maravilha usada por Lynda Carter e as novas vestimentas produzidas para o tão esperado filme com Gal Gadot que estreitará em 2017.

IMG_6050

IMG_6052

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_6047IMG_6049

 

 

 

 

 

 

 

E por falar em filme, a Warner Bros presenteou os fãs com a estréia do trailer oficial do filme da Mulher Maravilha! E a julgar por esse trailer o filme tem tudo para ser incrível. Definitivamente um marco para os filmes com super-heroínas, e porque não dizer, para o protagonismo feminino nos cinemas. Relembrando o que NÃO queríamos deste filme:

1- Uma outra Xena. Mulher Maravilha é sim uma guerreira, mas sua personalidade é muito mais complexa. Sua luta é pela paz, para ensinar aos homens o modo de vida das amazonas e que é possível viver sem guerra. Ela quer mudar o mundo, mas cresceu guerreira e não tem medo de enfrentar suas batalhas.

2- Uma mulher sexy e super feminina. A princesa Diana não pertence ao nosso mundo, não foi criada entre os homens e por isso não possui necessidade de ser feminina. Ela aprende a usar feminilidade observando o mundo dos homens, mas isso não lhe é inato.

3- Não queremos um filme de romance entre Diana de Themyscira e Steve Trevor! POR FAVOR!

Até agora as expectativas se mantêm altas para a estreia da nossa Princesa Diana nas telonas! Vamos conferir o trailer!

 

IMG_3722

TROLLS

Animação produzida pelos estúdios da Dreamworks, sobre criaturas com cabelo espetado e coloridos da nossa infância: Trolls. No filme, os Trolls são super felizes e constantemente dançam, cantam e se abraçam assim que seus relógios brilham, o que significa a hora do abraço (hug time). Dois Trolls protagonistas com as vozes de Anna Kendrick e Justin Timberlake partem para uma missão para resgatar outros Trolls que foram capturados por criaturas mal-humoradas, Bergens, que pretendem fazer um festival de carne de Trolls.

Os Trolls são uma espécie de especiaria que promove felicidade instantânea de pouca duração para aqueles que se alimentam de Trolls. A animação tem uma trilha musical que abrange várias décadas, como canções de Paul Simon & Garfunkel, Gorillaz e Cindy Lauper. A produtora Gina Shay salientou no final no painel a importância dos Trolls possuírem uma  imagem corporal arredondada e assim  mostrar uma outra perspectiva para as meninas, diferente daquela gerada por princesas de corpos esbeltos. Ainda completou: “Todas as garotas são maravilhosas”. A previsão de estréia é 4 de novembro.

 

THE BOSS BABY

Outra animação que será lançada pelos estúdios da Dreamworks é sobre a relação de um garoto de 7 anos com seu irmão mais novo, o bebê com a voz de Alec Baldwin. É como assistir 3rd Rock, onde Alec Baldwin é um chefe bem amargo, só que na animação ele tem a forma de um bebê. Em um pedaço do filme que foi exibido, o bebê diz requer muita atenção e os pais colocam todo o foco no bebê e o amor antes só voltado para o irmão é então direcionado ao bebê. O bebê ainda fala que amor não pode ser compartilhado.

O irmão mais velho quer mostrar aos pais que o bebê fala e é mandão. Quando perguntaram para Baldwin, quantos irmãos ele tem e como sua relação com eles? Ele simplesmente responde: “tenho 6” e ainda salientou “eu estou aqui e eles não!” Quer dizer: Para a família Baldwin, SDCC não se compartilha. Estréia dia 31 de março de 2017.

 

IMG_3735

SNOWDEN

Filme baseado em fatos reais sobre a vida de Edward Snowden dirigido por Oliver Stone. Juntamente com Oliver Stone, os atores Joseph Gordon-Levitt (Snodew), Shailene Woodley (Lindsay Mills, namorada de Snowden) e Zachary Quinto (jornalista, Glenn Greenwald) estavam presentes no painel. Stone declarou que encontrou com Snowden em Moscou para discutir a possibilidade de fazer um filme sobre sua história e ele contou que Snowden não estava interessado. Ele ressalta que Snodew é uma pessoa muito fechada e vive no computador, não tem relação forte com seus familiares exceto com a namorada, que tem um papel importante na sua vida.

Stone ainda fala que foi fifícil encontrar financiamento para o filme, uma vez que declarou que o assunto não era muito interessante. O dinheiro veio da França, Alemanha e empresas independentes dos Estados Unidos. Os atores revelaram que conheceram os personagens que iriam representar e Joseph Gordon-Levitt relatou que escutou muitas horas de audios contendo falas do Snodew para assemelhar sua voz com o do personagem. Realmente, Joseph faz uma voz muito similar a voz do Snodew.

Zachary Quinto disse que já conhecia Glenn e adoraria ir para o Brasil e passar um tempo com Glenn. Portanto, aguardem Zachary Quinto no Brasil! Shailene diz que o filme mostra o lado ser humano de Snowden e não só as palavras que aparecem no trailer:  patriota, traidor, herói. Quando foi perguntado para o elenco e diretor, o que eles achavam de Snowden: todos concordaram que ele é um heroi e patriota e unanimemente disseram que não consideram Snowden um traidor. Previsão de estréia: 16 de setembro.

 

IMG_3806

AMERICAN GODS

Uma das séries mais esperadas por nos nerds, com estreia marcada para o ano que vem é American Gods, A série baseada no livro homônimo escrito por Neil Gaiman e será lançada pelo canal Starz. O publico presente no painel da SDCC que discutiu a série teve uma grata surpresa: o próprio Neil Gaiman, que originalmente não estava escalado, resolveu marcar presença. A plateia foi ao delírio (confira o vídeo do painel completo).

Neil Gaiman revelou que escreveu o primeiro capitulo durante a viagem de trem para San diego para participar da SDCC 1999. Gaiman diz que o processo para encontrar o ator ideal para o papel de Shadow foi demorado, levou 16 testes para escalarem Ricky Whittle (The 100). Já a escolha de Ian McShane (John Wick, Piratas do Caribe) para o papel de Mr Wednesday foi imediata. Eles comentam ainda o papel da tecnologia (o novo deus) e mencionam o fenômeno Pokémon GO que pode contribuir para diminuir o contato cara a cara entre as pessoas.

Ian McShane confessou que não era fácil interpretar Wednesday, porém muito prazeroso. O ator também falou que o show tem tudo para ser maravilhoso pois o livro é fantástico. Os produtores anunciaram durante o painel a atriz que interpretará a Deusa Easter, Kristin Chenoweth (Rio 2, Wicked).

Os produtores garantiram que tudo que nós gostamos no livro vai estar presente no show. Confira o Teaser:

 

IMG_3780

 

MR ROBOT

Série que promete invadir o Hall H (o disputado anfiteatro que ja e palco de series como Game of Thrones e The Walking Dead) na próxima SDCC devido o aumento da popularidade. Os atores Rami Malek (Elliot), Carly Chaikin (Darlene), Portia Doubleday (Angela) e Cristian Slater (Mr.Robot) falam  sobre o desafio agora dos hackers da fscociety sobre o que fazer agora e disseram que a segunda temporada vai mostrar isso.

Carly e Portia falam da importância da série mostrar duas mulheres poderosas, as personagens Darlene e Angela. Elas estão muito felizes pois promove o empoderamento das mulheres. Brincam com o papel da tecnologia controlar nossas vidas e falam sobre Pokémon GO. Cristian Slater confessa que joga e disse “Go Team Misty!”, o time azul do jogo Pókemon Go. Ônibus contendo o layout da série com a frase “Controle é uma ilusão” estavam por toda parte.

 

IMG_3760 IMG_3755

SILICON VALLEY

Foi a primeira vez que a série ganhou um painel na SDCC. Os convidados deste painel foram os produtores Mike Judge e Alec Berg e também os atores Thomas Middleditch (Richard), Zach Woods (Jared), Kumail (Dinesh) e Amanda Crew (Monica). Os atores estavam muito animados e não paravam de fazer piadas, fazendo a platéia rir o tempo todo. Alec Berg vestia a famosa jaqueta ridícula do personagem Jared. Mike fala que foi muito difícil pedir para alguém produzir uma coisa tão ridícula.

Como na série aparece diversos animais (até elefante), no início do painel Alec Berg disse que é muito complicado filmar com animais,  pois há muitas exigências e normas. Depois desse comentário, os atores começaram a fazer piadas sobre Alec não gostar de animais. Quando Zach, veste a jaqueta que antes vestida por Alec, Jach menciona, olha encontrei um colibri morto aqui no bolso. Depois de outras piadas Zach menciona “Alec vai ao um safari matar o pai no leão Cecil!”.

 

IMG_3836

PREACHER

A série Preacher teve sua pré-estréia na feira Wonder Con e falamos sobre isso aqui. Atualmente o show está no episódio 9 e já agradou críticos e fãs. Preacher é produzida por Evan Goldberg, Seth Rogen e Sam Catlin. O painel que teve como mediador o nerdão Kevin Smith, ainda contou com a presença de Dominic Cooper (Jesse Custer), Ruth Negga (Tulip O’Hare), Joseph Gilgun (Cassidy), Ian Colletti (Arseface) juntamente com o criador dos quadrinhos, Garth Ennis.

Para felicidade do público, os produtores confirmaram uma segunda temporada onde será mais explorada a relação de Jesse com Deus e o passado de Tulipa e Jesse. Respondendo a pergunta de um fã, Ennis disse que não se incomodou com as mudanças feitas pela adaptação. Pelo contrario, ele diz que “amou” o fato de que os produtores resolveram todos os problemas de narrativas presentes nos quadrinhos e ainda afirmou que as mudanças eram necessárias já que ele acredita que a historia não funcionaria como uma adaptação direta.

Em uma cena hilária do painel, Kevin Smith se dirige a Ian Colletti que interpreta o personagem Cara de cu e diz que ele atualmente é a pessoa mais invejada na TV. Smith confessa que esse é o papel que ele também gostaria de interpretar, afirmando que este deve ser o personagem mais memorável depois do personagem principal Jess Custer. Seth Rogen então interrompe a conversa dos dois pra dizer que este é também o personagem favorito dele. Pra comprovar, Rogen encontra um email  de 2008 que ele enviou para o então diretor da série (que nunca foi ao ar) dizendo que ele faria de tudo para interpretar o papel de Cara de cu.

Joseph Gilgun também fez com que platéia gargalhasse. Ele relatou que teve um passado bem conturbado, se envolvendo com drogas e como punição seu pai o colocou na escola de artes cênicas. Quando um fã perguntou a ele, “Se você tivesse o poder do Genesis, o que você pediria?”. Ele respondeu: “Gostaria que todos aqui começassem a transar!”. Então, Seth disse: Joseph, você faria a maior orgia já feita!” e Joseph complementou: “imagina, todos aqui infectados com sífilis e clamídia!”


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.

Helen Cristina Miranda

curiosa de nascença/ cientista de profissão