CLAMP – quatro mulheres e uma história de sucesso

A trajetória de quatro japonesas do mercado informal de quadrinhos para o mundo.

Você lê mangá (o quadrinho em estilo japonês)? Então, já leu algo, assistiu alguma animação ou ouviu alguma canção-tema de um trabalho do CLAMP. Mesmo sem saber. Certeza!

clamp2
Magic Knight Rayearth (CLAMP/Divulgação)

Guerreiras Mágicas de Rayearth’ foi um sucesso no SBT na década de 1990, gerando vendas de brinquedos, CDs com versões em português das principais músicas e até fantasias para garotas, que foram comercializadas no mercado brasileiro.  Alguns anos depois ainda tivemos Card Captor Sakura alegrando as TVs nacionais, além dos mangás publicados pela Editora JBC. Então, se você, ainda que criança, se lembra dessas referências, vai gostar de CLAMP.

Mulheres como referência para o mercado

CLAMP é uma referência em histórias fortes, com garotas e garotos cheios de sonhos e conflitos em suas jornadas repletas de fantasia em cenários e figurinos ilustrados magistralmente por Mokona – a quadrinista que criou o “DNA imagético” do grupo com seu traço forte e lírico.

RG Veda (CLAMP/Divulgação)
RG Veda (CLAMP/Divulgação)

A trajetória delas se inicia com os doujinshi (quadrinhos independentes) em 1987 com a ‘CLAMP BOOK’. A ascensão foi muito rápida, e em 1989 ‘RG Veda’ se transforma no passe de entrada para o mercado editorial japonês.

Ao contrário de vários artistas no Japão, as “quatro fantásticas” do CLAMP conseguem transitar por várias editorias e públicos, publicando no segmento shoujo mangá (voltado para garotas abaixo dos 15 anos, aproximadamente), passando por shonen mangá (voltado para garotos abaixo dos 15 anos, aproximadamente) até o seinen mangá (voltado para jovens adultos na faixa dos 20 anos, aproximadamente).

E quem são elas?

Satsuki Igarashi – ilustradora e coordenadora das equipes de produção dos mangás.  

Nanase Ookawa – roteiros de mangás e animes, ela também é a Relações Públicas do grupo.

Tsubaki Nekoi – braço direito de Mokona, faz correções e sugestões para ilustrações e estudos de personagens.

Mokona – a ‘alma’ do grupo, responsável pelas ilustrações e caracterização de personagens. Apaixonada por roupas tradicionais japonesas, já lançou livros especializados.

CLAMP/Divulgação
CLAMP/Divulgação

Obras icônicas

Quais obras o CLAMP destaca como as principais de sua trajetória? Em ordem de lançamento:

‘Tokyo Babylon’ – dramático e grandioso

‘X’ – as experimentações em ‘Tokyo Babylon’ resultaram no mais belo e impactante mangá do CLAMP. Infelizmente, a publicação foi suspensa sem previsão de retorno.

X (CLAMP/Divulgação)
X (CLAMP/Divulgação)

‘Magic Knight Rayearth’ – a porta de entrada do grupo na poderosa Revista Nakayoshi (shoujo mangá). A transição da primeira para a segunda fase é surpreendente e quebra vários paradigmas de obras apresentadas para esse tipo de público.

‘Card Captor Sakura‘ – o resumo da fofura. Não deixa de tratar sobre temas controversos com personagens cativantes, figurinos encantadores e muitas flores de cerejeira para enfeitar.

‘ANGELIC LAYER’ – com um roteiro ágil e inteligente foi um sucesso entre o público jovem. Brinquedos controlados pela mente e que podem ser customizados por seu donos. Como não amar?

‘Chobits‘ – e se o ‘brinquedo’ fosse um pouco mais sério? Se transformando em uma réplica praticamente humana? Os conflitos entre seres humanos falhos e máquinas quase perfeitas.

‘Tsubasa RESERVoir CHRoNICLE’ – aventura, muitos encontros e desencontros e personagens dos outros títulos do CLAMP transitando pelas páginas.

‘xxxHolic’ – magia, suspense, humor e uma encantadora e misteriosa mulher. Arte fenomenal.

‘Kobato’ – uma linda garota e seu bichinho mágico em uma aventura emocionante. O final tem um desfecho surpreendente. O roteiro parece ingênuo e, como dizem, as aparências enganam.

‘GATE 7’ – uma junção de mistério, aventura e suspense que envolvem um jovem com seres enigmáticos.

xxxHolic (CLAMP/Divulgação)
xxxHolic (CLAMP/Divulgação)
Card Captor Sakura Clear Card (CLAMP/Divulgação)
Card Captor Sakura Clear Card (CLAMP/Divulgação)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O CLAMP publica mensalmente capítulos para dois títulos ‘xxxHolic -Rei-’ na revista Young Magazine e ‘Card Captor Sakura Clear Card’ na revista Nakayoshi.

Site oficial: http://clamp-net.com/
Fontes: CLAMP-net e Editora JBC


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.