O enterro das minhas ex e as descobertas afetivas de quando crescemos

A descoberta da própria sexualidade é sempre uma fase marcante da vida, e é o ponto de partida para O enterro das minhas ex, novela gráfica da quadrinista Gauthier. E a coisa é ainda mais complicada se você se descobre homossexual e precisa lidar com a falta de respeito, rejeição e intolerância de toda a sociedade ao mesmo tempo que tenta entender seus desejos e mudanças físicas.

Tudo começa com a inocência platônica da pré-adolescência, um crush numa personagem de um filme, que a inspira a buscar um grupo de voleibol e não é nada do que ela pensou que seria, ou a admiração às meninas descoladas da escola, que a faz tentar parecer diferente para chamar a atenção e causar impacto.

E a narrativa segue por todas as descobertas que são comuns a todos, como a confusão da relação com a primeira melhor amiga, que era um tanto mais que isso, e a frustração de se relacionar com pessoas que não entendem ou não querem assumir o que sentem.

Capa de O enterro das minhas ex, de Gauthier

A autora se expõe e relata as maldadezinhas cotidianas que fez para chamar a atenção de quem gostava, os vexames que passou e mostra o como meninas fora dos padrões são tratadas com crueldade por não serem bonitas o bastante, magras o bastante, por gostarem de outras meninas.

Página de O enterro das minhas ex

Neste livro não há uma só história de amor bonitinha, com final fofo, todas passam por algum vexame e são lembranças doloridas de um crescimento penoso por ser diferente do que se espera, mas nem por isso é um livro triste, pois trata com humor de um assunto sério e parece ser um expurgo do passado para começar uma nova fase, que se inicia com a aceitação de ser como se é.

Página de O enterro das minhas ex

A autora tem um traço mais puxado para a caricatura, ou cartum, e o livro é em duas cores, preto e azul (num tom quase cinza), quase sempre com seis quadrinhos por página, mas somos surpreendidos vez em quando por páginas livres e algumas vezes são os detalhes de cena que contam a história, neste livro que tem um final bem poético.

 

A autora

A francesa Anne-Charlotte Gauthier é quadrinista e trabalha também como ilustradora para a imprensa e livros infanto-juvenis. O enterro das minhas ex é o primeiro livro da autora publicado no país pela Editora Nemo.

 

O enterro das minhas ex

Gauthier

Tradução: Fernando Scheibe

Editora Nemo

Número de páginas: 160

Formato: 17x24cm

R$ 39,90

 

O livro foi cortesia da editora.


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.

Roberta AR

Gosto de escrever (o que acabou virando trabalho) e de café. Participo da cena de quadrinhos independentes desde 2007, atuando principalmente na divulgação e na produção. Também sou zineira e escritora.