10 heroínas que deveriam ser adaptadas para o cinema!

Alou, Hollywood! Será que depois do sucesso de Mulher -Maravilha – o filme já é a terceira maior bilheteria da Warner no Brasil , nos EUA  está em primeiro lugar desde a estreia e já arrecadou $625 milhões ao redor do mundo – a industria do cinema vai finalmente aceitar que o público feminino é sim, um público formador de opinião e consumidor de cultura pop?

Para dar mais um empurrãozinho à Hollywood, listamos aqui algumas heroínas de HQ que deveriam ser adaptadas pra o cinema O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL:

Viúva Negra

Bem, como um filme da Viúva ainda não foi oficialmente anunciado? COMO? COMO? – Apesar de Kevin Feige ter dito recentemente que ela seria a “próxima da lista”, praticamente, não confirmou nada.

Uma personagem que faz parte da formação de uma super equipe que está em voga  e atuante no MCU, com uma origem incrível e bem estruturada nas HQs, que está praticamente PRONTA para o cinema, uma personagem carismática e adorada pelo público mais jovem, principalmente por conta de sua participação recente no cinema, sério, POR QUÊ, MARVEL? Vamos corrigir esse erro ASAP? (mandando e-mail para Kein Feige)

Dêem uma olhada nesse video feito por fãs pra ver como ficaria legal um filme de espionagem com climão noir de Guerra Fria, sobre a origem de Natasha Romanova

 

Zatanna

Zatanna é uma personagem incrível da DC. É praticamente o Dr Estranho de saias (ou de collant) . Há tempos a DC tenta tirar do papel um filme com a Liga da Justiça Dark (da qual Zatanna faz parte) podiam começar a apresentar seus membros um a um, “Marvel style” e podiam justamente começar com Zatanna, assim daria tempo do filme finalmente ficar pronto e acontecer, que tal?

Zatanna é a filha de um mágico que foi criada sendo sua ajudante de palco. Mais tarde, ela descobre que faz parte de uma linhagem pura de magos,os Homo Magi e quando seu pai desaparece sob circunstâncias sobrenaturais, ela se propõe a estudar a fundo magia para encontrá-lo e acaba se tornando uma das principais personagens do universo mágico da DC.

Um filme de Zatanna seria visualmente belo o suficiente e renderia momentos bem divertidos, como por exemplo, a protagonista tentando falar frases ao contrário, já que é assim que a feiticeira lança seus conjuros

Miss Marvel

Já falamos TANTO sobre Miss Marvel nesse site, mas nunca nos cansamos: Kamala Khan é uma das personagens mais representativas que as histórias em quadrinhos já tiveram e renderia um ÓTIMO filme focado no público mais jovem, mais ou menos na mesma faixa-etária dos fãs do Homem Aranha.

Kamala Khan é uma adolescente paquistanesa, morando nos subúrbios de Nova Jérsey nos EUA, que se vê às voltas com escola, os pais ultra religiosos e apegados às tradições e costumes de seu país de origem, amigos preconceituosos e xenófobos e que, por fim, entra em contato com a Névoa Terrígena e acaba se transformando em uma Inumana. Cara, que FILMAÇO que iria ser. Ainda por cima, Kamala é espirituosa e nerd nivel master plus, o que renderia diálogos rápidos e engraçadíssimos. E seria MEGA foda ter  uma atriz paquistanesa  (óbvio) representando a etnia, caraca, ia ser lindo., representativo de tantas formas! TÁ PERDENDO DINHEIRO, MARVEL, PORQUE EU JOGARIA MINHA CARTEIRA NA TELA DO CINEMA.

Mulher Hulk

Bem que já tentaram, né? Nos anos 80, aproveitando a carona do sucesso do seriado do Hulk na TV a Marvel decidiu fazer um filme com a personagem . Como eles não tinham a bala que têm hoje, tentaram encontrar financiadores. A escolhida foi a hoje falida New World Pictures, que escalou a atriz e fisiculturista Brigitte Nielsen para o papel.  Ela tirou várias fotos caracterizada como a heroína para promover o filme. que acabou não vingando, mas Brigitte acabou vivendo Red Sonja em 1985.

A história da advogada Jennifer Susan Walters, mais conhecida como Mulher-Hulk, é bem interessante.

Ela é prima do nosso querido monstro verde e eles eram muito próximos na infância. Quando já era o Hulk, Bruce Banner procurou Jenn para um papo em família. Na ocasião, a advogada estava defendendo um bandido ligado ao gângster Nicholas Trask que, em uma emboscada, acaba ferindo-a gravemente. Seu primo improvisa uma transfusão, só que seu sangue estava contaminado com raios gama, acontece que ela não volta mais à forma humana. O que seriam mega interessante de se retratar no cinema!

Jennifer tem força, agilidade e velocidade sobre-humanas, regeneração espontânea, é excelente atleta e, ao contrário do Hulk, consegue manter sua personalidade e intelecto intactos, prova disso é o fato de ser uma ÓTIMA advogada. Um dos trunfos da personagem foi nunca ter abandonado sua profissão, mais um ponto para ser retratado no cinema: super-heroínas no mercado de trabalho!

Aves de Rapina

Uma superequipe incrível de mulheres sob o manto do poderoso Batverso, lutando contra ameças soturnas em Gotham City. Seria gótico, seria mágico. Batgirl, (Oráculo) Caçadora (que tem uma história incrivel e envolvimento com a máfia) Canário Negro e Lady Falcão Negro. E ainda poderia rolar fan service com participação de outras heroínas das diversas formações (Vixen, Grande Barda, Katana, Lady Shiva, Mulher-Gato, Poderosa….) JÁ PENSOU?

Faith

A primeira aparição de Faith Herbert nos quadrinhos foi nas histórias do grupo de psiônicos adolescentes Harbinger Renegades  da editora Valiant Comics criados por Jim Shooter e David Lapham em 1992.  Faith era uma dessas adolescentes que desenvolveu poderes de voo e telecinese após a morte  dos pais em um acidente de carro.  Em 2016 a personagem debutou em sua revista solo, uma minissérie de 4 edições que foi um grande sucesso, o resultou em um titulo solo. Faith é mega nerd, é gorda, o que´é mega representativo e o título é escrito por uma mulher. Seria INCRÍVEL ver uma super-heroína  gorda protagonista em um filme que não fosse ridicularizando o biotipo? UM SONHO.

X-23

Assim como Viúva-Negra é uma opção óbvia, Laura Kinney, a X-23 também seria uma bela cartada da Marvel, principalmente depois do filme Logan, onde ela conquistou o carisma do público e da “aposentadoria” de Hugh Jackman do papel de Wolverine no cinema.

Existem boatos de que sim, um filme pode ser feito. O diretor dos filmes dos X-Men,  Bryan Singer (X-Men, X-Men Apocalipse, Dias de Um Futuro Esquecido, X-Men 2, X-Men: First Class)  disse ao site Fandango que já fez essa proposta ao estúdio, inclusive com a intenção de interligar Laura ao futuro filme da X-Force, que também será dirigido por ele e já está em produção.

Portanto, existe sim uma possibilidade de, em breve, vermos uma mulher protagonizando um dos principais filmes da franquia X, talvez no lugar de um dos mutantes mais queridos do público. OREMOS.

Rat Queens

Nos últimos anos a Image têm lançado títulos incríveis, com protagonismo feminino certeiro, cheio de mulheres poderosas, plurais e fortes. Rat Queens é um deles. Ganhou o Eisner em 2014 na categoria “Melhor Série Estreante” e é uma mistura de The Warriors, Sex and The City e O Senhor dos Anéis. Se passa em uma realidade de fantasia medieval, onde uma cidade está polarizada por gangues e as Ratas Rainhas, uma gangue de 4 mulheres completamente terríveis, beberronas, bocas-sujas e boas de briga  precisA decidir se salva ou destrói a cidade. É um universo de RPG levado para as telas, cheio de magias, porradaria e sexo. Se vai ser sucesso? É CLARO!

Sonja

Na verdade Sonja já teve um filme.  que ganhou o título de Guerreiros de Fogo e Brigitte Nielsen, a mesma fisiculturista que foi cogitada para fazer o filme da Mulher-Hulk, encarnou a guerreira em 1985. O filme pegou carona no sucesso de Conan, o Bárbaro, de 1982 com Arnold Schwarzenegger fez sucesso, mas não muito. MAS, parece que EXISTE um filme da Sonja sendo feito, ao menos contrataram roteirista, mas não se soube mais nada sobre. O projeto é da  Nu Image/Millennium Films que chegou a chamar Christopher Cosmos para escrever a história da ruiva. Há algum tempo, o diretor  Robert Rodriguez  disse ter planos de dirigir um filme da Sonja e de ter sua então namorada, Rose McGowan, no papel da guerreira. O projeto não foi para frente, mas a Nu Image, responsável, entre outras coisas, pelo recente remake de Conan – Conan, o Bárbaro – não esqueceu a ideia de fazer um remake para a personagem de Roy Thomas. Será que vai sair? Tá demorando. Só ESPERAMOS que desta vez Sonja apareça com uma armadura DECENTE e não com um biquini de malha para arrancar cabeças por aí. CROM nos ajude.

Bitch Planet

Feminismo e ficção científica cyberpunk distópica: A GENTE QUER, SIM! Bitch Planet não seria apenas sobre UMA heroina mas apresentaria uma gama tão diversa e representativa de mulheres que nos faria chorar de emoção e orgulho.  Bitch Planet é um planeta presídio para onde vão mulheres que não são consideradas “complacentes”  Falamos mais um pouco sobre o título aqui. Seria MARAVILHOSO ter uma ficção científica quase toda estreladas por mulheres com uma história tão significativa e sólida quanto a criada pela incrível Kelly Sue DeConnick, cheia de de porradaria, sangue e superação.

Tá perdendo tempo Hollywood. A hora é agora. Mulher-Maravilha abriu caminho…à espada, mas abriu. Queremos mais filmes de heroínas!

 

 

 

 


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.

Gabriela Franco

Jornalista especializada em cultura pop, produtora, cineasta e mãe da Sophia e da Valentina Criadora do MinasNerds.