{Release] HQ sem Roteiro lança campanha de financiamento coletivo

A exemplo de outros sites especializados em cultura pop e dos próprios artistas dos quadrinhos, nosso colega Pedro Brandão, do HQ sem Roteiro, também está se lançando no financiamento coletivo para manter a produção de podcasts sempre muito relevantes para o nosso meio.

Fui uma das convidadas em um episódio sobre estudos acadêmicos de HQ, que vocês podem conferir aqui. E outras mulheres, como a nossa Clarissa Monteiro, podem ser ouvidas nos podcasts. Destaco esse podcast com a Brendda Lima e a Lu Caffagi sobre se sentir uma farsa, já que é um assunto recorrente em nosso grupo.

 

Segue o release da campanha.

 

Com perspectiva acadêmica, mas sem perder de vista a paixão por HQs, podcast traz discussões aprofundadas sobre a linguagem.

“Levando o quadrinho para onde ele merece estar”​. É esse o lema que guia a produção cearense HQ Sem Roteiro Podcast.​ Em dois anos de produção, foram lançados mais de 90 programas semanais com discussões sobre quadrinhos. O podcast é uma criação domestrando em Comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Pedro PJ

Brandão​, que estuda sobre linguagem dos quadrinhos desde a sua graduação. Atualmente, o HQ Sem Roteiro é uma das produções associadas do site Iradex​. Pedro diz que começou o programa por sentir que outros podcasts e canais do Youtube que abordavam quadrinhos não se aprofundavam nas especificidades de cada assunto relacionado à arte.

“Eu acho que o Quadrinho, assim como o Cinema, a Literatura, merece um aprofundamento ​maior. É preciso vê-lo como documento histórico​, como objeto de arte​, como linguagem artística e como mídia​. E é por vê-lo assim que eu tive o interesse, no HQ Sem Roteiro, de destrinchar e aprofundar essas outras facetas dos quadrinhos que eu não
conseguia ver em outras produções de conteúdo”, diz.

Entre entrevistas e bate-papos, já figuraram no feed do podcast diversos produtores, pesquisadores e divulgadores das histórias em quadrinhos, entre eles Lu Cafaggi (Turma da Mônica – Laços)​, Fábio Moon​, Gabriel Bá (Dois Irmãos, Daytripper)​, Sirlanney (Magra de Ruim)​, Adão Iturrusgarai (Rock&Hudson, Aline)​, Marcelo D’Salete (Cumbe, Angola Janga)​, Cris Peter (Patas Sujas, Astronauta – Magnetar)​, Eduardo Damasceno (Bidu -Caminhos, Achados e Perdidos)​, Ramon Vitral (jornalista do site especializado em quadrinho Vitralizado)​, dentre outros.

Já figuraram no feed do HQ Sem Roteiro discussões sobre política​, mercado​, História das histórias em quadrinhos​, uso de HQs como ferramenta de ensino​, gênero​, sexualidade​, filosofia​, religião​, super-heróis​, processo artístico​, narrativa​, diálogo ​de quadrinhos com outras linguagens e muito mais. Os programas podem ser acessados por meio do feed do HQ Sem Roteiro, no iTunes ou em qualquer outro aplicativo agregador de podcasts, além do endereço ​http://iradex.net/hqsemroteiro​.

Financiamento de produção

Depois de dois anos no ar, o HQ Sem Roteiro entrou em uma nova fase: a do apadrinhamento coletivo​. Por meio de uma plataforma de financiamento coletivo, o site Padrim​, os ouvintes do podcast podem contribuir de forma mensal com algum valor para incentivar as produções semanais do podcast e podem receber recompensas por isso. No caso do HQ Sem Roteiro, é possível apoiar o projeto a partir de R$1 mensalmente, mas é a partir a partir de R$10 que os
participantes passam a receber recompensas ​que vão desde newsletters com conteúdo exclusivo ​sobre o universo dos quadrinhos a sorteio de HQs ​entre os membros da comunidade de madrinhas e padrinhos.

Os atuais apoiadores do podcast acreditam que o financiamento coletivo ajuda a incentivar produções culturais independentes. Esse é o caso do estudante fortalezense Breno Teófilo​, 24, resolveu apadrinhar o podcast após observar a diversidade de temas e de convidados do programa. “O HQ Sem Roteiro é um projeto fantástico ​e extremamente necessário​. Os temas são sempre relevantes e importantes para ver os quadrinhos numa outra ótica.

Muito deste sucesso vem pelo contato com pessoas que se dedicam e amam ler, estudar, divulgar e contar tais histórias. A leitura de uma HQ ganha outras camadas​”, diz.

O apoio do projeto, no entanto, não se limita ao público regional. Ele se expande por outros países, como o ouvinte Cayo Gonçalves da Costa​, arquiteto e urbanista que atualmente mora em Seul (Coreia do Norte). Depois de retomar a leitura de quadrinhos, costume que Cayo deixara na infância, ele passou a pesquisar sobre o processo de criação de HQs e acabou chegando ao site do Iradex. “Eu já acompanhava alguns canais de divulgação de material, mas tudo muito comercial. Estava procurando algo mais intimista, porque eu queria saber o que acontecia por trás daquelas boas histórias que eu estava lendo”, diz.

O arquiteto conta ainda que decidiu apoiar o projeto por querer entender e também incentivar a aproximação das pessoas com o universo dos quadrinhos. “Eu acho que mais do entretenimento, o HQ Sem Roteiro é aquele amigo de infância que eu queria ter tido. Fazer quadrinhos, para mim, nada mais é que contar histórias e o podcast é um dos culpados por me fazer querer fazer parte disso”, finaliza.

Recompensas

Em algumas ocasiões, os apoiadores também podem receber brindes, graças a parcerias com quadrinistas. Em novembro de 2017, mês de lançamento do financiamento, por exemplo, os associados receberam em casa, sem sorteio, as HQs “Reparos” ​(os apoiadores a partir de R$10) e “Feliz Aniversário, Minha Amada” (os dois quadrinhos foram enviados para apoiadores a partir de R$ 30), do quadrinista Brão Barbosa​. Em 2018, novas parcerias estão sendo estudadas para que novos sorteios sejam realizados entre os apoiadores.

Metas

O projeto de financiamento do HQ Sem Roteiro Podcast trabalha com metas entre $100 e R$ 1.300​. Quanto mais essas metas são atingidas, mais recompensas os apoiadores podem receber em casa. O próximo objetivo, de R$600, por exemplo, renderá aos padrinhos e madrinhas mais sorteios e novas produções sobre o tema.

Saiba mais sobre o projeto e as recompensas no link: https://www.padrim.com.br/hqsemroteiro
Facebook:https://www.facebook.com/HQSemRoteiro/
Instagram: https://www.instagram.com/hqsemroteiro/
Twitter: https://twitter.com/hqsemroteiro
Contatos Pedro PJ Brandão:
Telefone: (85) 99637-7858
E-mail: pedrosfjose@gmail.com


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.

Dani Marino

Dani Marino é pesquisadora de Quadrinhos, integrante do Observatório de Quadrinhos da ECA/USP e da Associação de Pesquisadores em Arte Sequencial - ASPAS. Formada em Letras, com habilitação Português/Inglês, atualmente cursa o Mestrado em Comunicação na Escola de Artes e Comunicação da USP. Também colabora com outros sites de cultura pop e quadrinhos como o Iluminerds, Quadro-a-Quadro, entre outros.