Mulherada bombando na Campus Party – e o que rolou de legal lá

Estamos cansadas de saber que podemos fazer tudo, inclusive amar o que nossas avós achavam que eram “profissões de homem”. A Campus Party, um dos maiores eventos de tecnologia no Brasil, está aí para provar: este ano 43% do público presente foram de mulheres! Siiiiiim, este é um reflexo de como realmente estamos cada vez mais fazendo a diferença neste meio de tecnologia, inovação e empreendedorismo!

Além do engajamento maior da mulhereda, ao fazerem grupos para visitar o evento, este ano tivemos uma presença maior de palestrantes: do total de 750, 40% foram minas. Brilhamos com nomes como Sharron McPherson, Cofundadora do The Centre for Disruptive Technologies na África do Sul – ela saiu de Wall Street para se tornar pioneira no NEXUS em projetos de cidades inteligentes na África e fundar o maior consórcio de mulheres para investimentos em infraestrutura no continente –  e Martha Gabriel, umas das principais pensadoras digitais do Brasil.

Machismo

Infelizmente, nem tudo são flores. Uma ação de marca famosa de lâminas de barbear causou desconforto por ser focada somente nos homens. E ainda tem um caso de suposta fala machista que gerou a hashtag #MeuLugaremTI. Já avançamos muito, mas ainda tem bastante caminho pela frente!

E, claro, tivemos muita coisa legal na Campus Party.

Vamos para as Rapidinhas:

  • Uma das melhores notícias é que a Campus Party planeja 10 mil laboratórios de tecnologia em comunidades de baixa renda. A ideia é identificar taletos e dar oportunidade para jovens saírem desta realidade para construir seus sonhos e soluções realmente inovadoras para o mundo. Nós super apoiamos, inclusive #quero
  • Teve corrida e batalha de Drones. É muito animal, vê aí:

  • E-sports é um dos mercados onde a crise passou longe – #mandajobs. E a aposta é que o Brasil, além de ser o país do futebol, tem grande potencial para ser a nação desta modalidade esportiva. Que, aliás, pode ir para as Olimpíadas #osnerdspira

 

Crédito imagem

 


Os artigos aqui publicados são de total responsabilidade de suas autoras e editoras.

Helena Bernardes

A típica nerd clássica: amo física, química e tecnologia. Trabalho em comunicação e sou uma gateira de carteirinha :)